Fazenda Terra Boa é destaque da revista Cabra e Ovelha

José Luiz Niemeyer dos Santos

Com mais de 50 anos de seleção Nelore, José Luiz Niemeyer dos Santos é um dos principais nomes da pecuária zebuína do país. Responsável pela Fazenda Terra Boa, ao lado da irmã, Olivia Augusta, desenvolve um trabalho admirável, no interior de São Paulo, aliando a pecuária com a sustentabilidade. Projeto que teve início ainda década de 50, com o seu pai José Travassos dos Santos.

Toda essa trajetória de sucesso foi destaque na edição da Cabra e Ovelha – a revista do Agronegócio, com a chamada “José Luiz Niemeyer – Um pecuarista à frente do seu tempo”.

Casado com Maria Clara, a dona Clarinha, há mais de 50 anos, Niemeyer é formado em Direito, pela Universidade de São Paulo, e pós-graduado em administração de empresas pela FGV de São Paulo, e hoje, aos 78 anos, vive exclusivamente da pecuária.

Segundo o criador, a Terra Boa sempre investiu na seleção genética, preservação de recursos naturais, bem-estar animal e, principalmente no bem-estar de seus colaboradores. “Eu tenho imenso prazer em fazer o que faço há mais de 50 anos. Sempre tivemos um imenso cuidado com os animais e também com a parte ambiental, que acredito eu, seja uma obrigação minha como cidadão em manter a fazenda produtiva e sustentável. Procuramos, desde a época do meu pai valorizar os nossos funcionários. Todos são incentivados a estudar, a exemplo de muitos que já se formaram em cursos superiores. Isso tudo nos motiva a continuar nessa caminhada”, comemora o criador.

Trajetória – O trabalho impecável dentro da seleção Nelore, com aproximadamente 400 matrizes PO, deu espaço também para a seleção de Brangus, com cerca de 150 matrizes, com início em 2003.

Mas, tudo começou em 1948, quando José Travassos dos Santos adquiriu a gleba e implantou a fazenda. Dois anos depois, teve início a criação de bovinos com um rebanho comercial da raça Nelore e, em 1964, foi dado o primeiro passado para o investimento nas primeiras matrizes puras. Sempre pioneira, a Fazenda Terra Boa começou a utilizar, em 1972, a técnica de inseminação artificial, passando a ser referência em todo o País.

Reconhecimento – Niemeyer sempre focou na produção e oferta de reprodutores, matrizes, tourinhos, prenhezes e embriões com a qualidade atendendo as exigências do mercado atual. Sempre com foco no que há de mais moderno em recursos e tecnologias.

O primeiro reconhecimento veio em 1958, com o troféu “fazenda conservacionista do Estado de São Paulo”, outorgado pela Secretaria Estadual de Agricultura, pela aplicação de boas práticas agropecuárias conhecidas na época. Em 1984, o touro Osíris Terra Boa ganhou o título de Grande Campeão na Expozebu e na Expoinel. Em 1992, ingressou no PMGRN (Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore) e, em 2004, foi a primeira fazenda brasileira a obter a certificação ISO 14001. Três anos depois, a Global Gap de Práticas Agropecuárias. Em 2014, se destacou como a campeã das campeãs do Prêmio Fazenda Sustentável, iniciativa da revista Globo Rural, conquistando ainda, o prêmio máximo do projeto, sendo escolhido também na categoria bovinocultura de corte.

14287612_1080272712054711_410178557_n